Me chame

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Me chame


Grita-me com som de sibilo
alto e sem som
chama-me como se nada mais houvesse o que fazer

Encara-me com a fome que sei que tens
toma-me, encurrala-me em teus braços
como se tudo fosse termino e passado..

Conta em mim as marcas e as cicatrizes
deslizas os teus dedos fortes sobre minha pele nua
meandrando em marcas de fogo..

Grita palavras insanas, loucas e só tuas
bem ao pé do meu ventre como um dragão
como se nunca houvesse calado...

Atira meu corpo na tua voz
molha minhas palavras com sofreguidãoe
usa minha boca como portal...

...e conta-me assim, cada pedaço, como se fosse sua.


Malibe 11 de setembro de 2008
Malibe

2 comentários:

; Babe Dick. disse...

Noooossa,Querida Martha,você tem o dom de passar as suas palavras à outras pessoas.
Eu adorei *-*Você é incrivel!
bjosBia

Aninha disse...

oieee!!!
q texto bacana!!!
ja estou te seguindo!!
bjs

Postar um comentário