Um pouco sobre coragem e borboletas



Acordei com vontade de falar sobre borboletas. Insetos incriveis e admiraveis que são o simbolo para pessoas que passaram pela cirurgia bariatrica. É apenas um analoigia, a borboleta, para ser uma borboleta ela precisa livrar-se de seu casulo, casulo esse que é ela mesma. O belo inseto de assas multicolores, gracioso e leve um dia foi uma lagarta, pesada, desajeitada, gorda e desprezada por todos sendo visto apenas como um petisco ou uma refeição. Desde que me entendo por gente me sentia uma lagarta. Na infacia na fase de larva fui bem feliz, ativa, alegre igual a todas as outras crianças arteiras e danadas ( e põe danada!!), mas um dia, ao sair da infancia, virei um casulo, pesado enorme e rejeitado. Passei a hibernar no estado de dormencia da pupa que perdurou por muito tempo roubando todas as experiencias normais e comuns de uma adolescente, de uma jovem e de mulher... então um dia tomada de coragem submeti-me a bariatrica, cirrugia dolorosa, dicifil e perigosa. Para mim o unico caminho sem volta para ser a borboleta que eu gosotaria de ser e via quando fechava os olhos. Passados dois anos e meio, quase 50kg mais leve, e com uma vida e habitos alimentares bem diferentes do que eu tinha antes, posso dizer que estou relativamante bem: faço muitas coisas que que antes nao podia fazer, sofri muito, e ainda sofro com os entalos, enjoos, o desejo de comer e não poder! foi uma escolha consciente e madura.





Aprendi atraves de duras penas que uma borboleta por mais linda, leve e colorida que seja, jamais deixará de ser uma lagarta.










Informações cientificas sobre as borboletas:













De acordo com a wikipédia: "As borboletas são insectos da ordem Lepidoptera classificados nas super-famílias Hesperioidea e Papilionoidea, que constituem o grupo informal Rhopalocera.
As borboletas têm dois pares de asas membranosas cobertas de escamas e peças bucais adaptadas a sucção. Distinguem-se das
traças (mariposas) pelas antenas rectilíneas que terminam numa bola, pelos hábitos de vida diurnos, pela metamorfose que decorre dentro de uma crisálida rígida e pelo abdómen fino e alongado. Quando em repouso, as borboletas dobram as suas asas para cima.
As borboletas são importantes
polinizadores de diversas espécies de plantas.
O ciclo de vida das borboletas engloba as seguintes etapas:
1)
ovo -> fase Pré-larval
2)
larva -> chamada também de lagarta ou taturana,
3)
pupa -> que se desenvolve dentro da crisálida (ou casulo)
4)
imago -> fase adulta


A borboleta é um importante agente polinizador. Se extintas, haveria prejuízos para a flora (prejuízos iniciais) e fauna (prejuízos consequentes).


Taxonomia:


Super-família Hesperioidea
Hesperiidae Latreille
Super-família Papilionoidea
Papilionidae Latreille, 1802
Pieridae Duponchel, 1835
Nymphalidae Swainson, 1827
Lycaenidae Leach, 1815
Riodinidae Grote, 1895





4 comentários:

Aninha disse...

amiga, atualizei o post de novo, eu nao comi akilo tudo ontem a noite nao... postei akilo de raiva pq alguens falaram q nao vou emagrcer no post anterior. le la!
bjocas

Aninha disse...

pois eh vou tentar emagrcer sem a bariatrica... apesar do meu imc... tomara q consiga ne :)

Aninha disse...

postei um selo pra vccc
bjsss

Lualves disse...

Mali!!!!!!!!! Que lindo o seu blog!!!! Que alegria em "ve-la"... BJO.. fala comigo...

Postar um comentário